quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Uma Nova fase.... Gravidez X Depressão

Bom, faz tempo que não posto nada... porem hoje vou tratar de um assunto, que concerteza não rodeia apenas a mim, mamãe, que tive um bebe com HDC... mas mamães em geral... todas que de uma forma ou outra teve filhos com alguma má formação ou prematuros.
Descobri estar gravida quando já estava com 13 semanas de gestação. O que vocês devem está se perguntando, é: Como?? demorar tanto tempo para descobrir que estava Gravida!
Pois é... eu tomava remédio contínuo, então, não mestruava... logo a possibilidade de engravidar era de apenas 1%, e enfim... CONSEGUI ACERTAR O 1%!!
Pra dizer o mais certo, nem desconfiava, ate que depois, que passei mal durante um curso em SP, fui submetida a fazer o "famoso" teste de urina. Na epoca, eu disse: "haha, capaz mesmo! tomo remedio direitinho, não há chances!!"
Para minha surpresa, o teste deu POSITIVO! Fiquei pensando, como era possível isso? acertar novamente no 1%! Puts... meu filho teve Hérnia Diafragmática congênita(HDC), um caso raro... e depois engravidar, e nas chances do 1% novamente??
Foi uma mistura de alegria e desconforto... medo, angustia. Afinal, pra quem teve um trauma comoeu.. de passar praticamente, da 9 semana ate a 34° semana de gestação (ele nasceu prematuro) , ouvindo que seu filho teria apenas 10% de chance de vida, não é fácil!
Então, passado o momento de aceitação, o periodo pior seria no trabalho... Confesso que não gostei de certos comentarios a respeito da minha gestação, ate mesmo aqueles que falava que eu já havia entrado gravida na empresa, e que eu era louca.. se não tinha medo que meu bebe nascesse igual o outro.
Puxa, a pior coisa que tem é você ouvir isso! Caramba! Será que a pessoa não tem noção do que é passar 7 meses da gestação ouvindo má noticias, depois 2 meses em uma UTIneo, vendo seu filho naquela situação, lutando pela vida, que praticamente estava "incerto"... Puxa, chorei muito, cai ao chão varias vezes, tive que ser forte, pq estava "sozinha", tinha que dar "conta" de que meu marido estava "pior" que eu e quem para me dar uma mão??? Apenas algumas pessoas, que vc via nos olhos que não poderia fazer nada... mas que já pressentiam que a batalha ja havia terminado. Que realmente vc havia perdido... =/
Tive apoio das enfermeiras que cuidaram do meu filho, que agradeço muiiito o carinho delas. Nos piores momentos elas me falavam palavras de incentivo... afinal, quem melhor para dizer palavras de incentivo, do que elas... que viram varios milagres acontecerem... né! Tive os piores diagnósticos que uma mãe poderia ouvir... e tudo isso fui aguentando, me fazendo de forte e destruída por dentro.. mas enfim, vencemos!
Mas ai vc vê tudo voltando, uma nova gestação... e uns "povim" fazendo com que vc se retorne a esse período.
Ate um certo tempo vc aguenta, porem, começei a segurar demais, e eis que quando percebi, já estava dando inicio a uma depressão leve, que hoje estamos no estagio moderado.. com uso de medicamentos.
Digamos que ate ouvi que estou fazendo charme..  "então, é só vc ir no medico e fazer um "charme" dizendo que esta mal... eu fazia isso... " ((ouvi isso de alguém que nunca imaginei ouvir))
Sinceramente, não tenho necessidade disso, o que eu queria mesmo, era aproveitar cada segundo! estar cercada de pessoas de boas energias!Trabalhando, recebendo elogios da barriguinha, caricias na barriga...
Esse é apenas uma das coisas que vem acontecendo, mas que concerteza outras mamãe viveram ou estão vivendo, como eu.
Conclusão: Estou com sessão no psicólogo, psiquiatra, e com acompanhamento de gestação de alto risco. Não por conta da neném, mas por mim... que corro risco de um parto prematuro, e podendo ter depressão pós-parto.
Humildemente, peço as pessoas que estão lendo, tenha respeito a uma mãe gestante.. se ela teve uma gestação anterior ruim, ou com conflitos, não tente lembra-la disso, é desconfortante. Tente passar boas noticias, trazer um clima bom, aconchegante. Uma gestante não tem o mesmo "pique" que tinha antes de estar gestante. ajude-a sem fazer "brincadeiras" sem graça, mesmo que para vc não seja.. pra ela pode ser mais ofensivo do que vc imagina...
Sem prosseguir tanto... vai uma frase, que no momento é o que estou passando...
"nem sempre um sorriso, quer dizer que existe uma felicidade... é apenas uma forma de evitar explicações constrangedoras..."
Segue fotinhas da barriguinhaa!!